março 07, 2016

Reportagem da SIC sobre a Eutanásia

Disse precedentemente que o tema Eutanásia, quer pela sua complexidade técnica, quer por se consubstanciar num Direito individuai, não deve ser susceptível de referendo.
Após ver a reportagem que a SIC passou logo após o Jornal da noite, e a avaliar pelo aglomerado de despropósitos que em dose industrial por ali se foi exposto, cada vez tenho mais essa certeza.
A comunidade portuguesa não está de modo algum preparada, talvez nem devesse estar, para resolver a favor ou contra o direito à Eutanásia. Por outro lado, a questão é uma falácia. Tecnicamente, um falso dilema. Genuinamente, não se poderá responder unicamente, “sim” ou “não”, a uma questão desta natureza, amplitude e particularmente com inúmeras especificidades.