julho 15, 2015

Pablo Aimar

É nestes momentos que nos assoma a noção da imensa velocidade do tempo.
Recebi a notícia da despedida dos relvados de um dos maiores génios, que tive oportunidade de ver jogar. Mais, no clube do meu coração.


Parece que foi ontem que, a convite de amigos comuns, tive o incomensurável privilégio de trocar uns passes e, defrontar Pablo Aimar em campo. Nesse dia, tive imediata sensação do humanismo, humildade e habilidade do El Mago. Essas horas marcar-me-iam para sempre.


Hoje, com o seu afastamento daquelas quatro linhas que nos fazem sonhar, não consigo tirar um sorriso parvo da cara, de orgulho e admiração.


Obrigado por tudo Pablo Aimar!