maio 09, 2015

Rapaz das orelhas grandes

Isto além de falta de respeito pela dignidade pessoal dos candidatos e familiares em detrimento de interesses económicos é, de uma total ilegitimidade. Falta de proficiência. Porquê?

Escarnecer das orelhas de um rapaz num programa que tende a analisar a forma de cantar, agrava em muito quando nos Júris ocupa um estrábico (vulgo Vesgo!) que tem feito vida a produzir revistas de mulheres nuas, um que opina em tons aflautados (de quem tem uma flauta entalada na garganta) e mesmo assim da voz, ainda é foi capaz de gerar tremenda barracada em directo aos berros com Sónia Tavares, e por último uma mocinha com idade para ter juízo, que mal vê um rapaz com mais de 45 kg fica doidinha aos pulos que nem macaquinho de circo. Aconteceu o mesmo quando andou na peleja com Rita Pereira por causa do Gonçalo Castel-Branco.

Rapaz, confia em mim. Orelhas grandes? Eu tenho o nariz torto e provavelmente também não sei dar um Ré afinado. Vai à escola, lamenta a estupidez alheia, e ri-te dela, porque pior que as orelhas grandes ou narizes tortos são cérebros inexistentes.