outubro 27, 2012

Eleições SL Benfica

Terminou ontem às 22:40 a odisseia que algum tempo me tomou, e imensa realização me deu. O SL Benfica, com os seus adeptos e sócios, demonstrou ontem uma dimensão activa á altura de um nome que se julgava adormecido, e foi desta forma que conseguimos não só o MAIOR número de votantes de toda a história do SL Benfica, como o maior número de votos numa lista concorrente á lista A. Nesta importante prespectiva, agradeço desde já a todas as pessoas que apoiaram este movimento, mensagens, emails e demais iniciativas de colaboração comigo e com a campanha. Um ‘agradecimento especial’ também por todas as outras chamadas que resultavam de ofensas, ameaças e perseguições, dando-me a ideia que mesmo com humildade, rectidão e atitude proactiva, conseguimos provocar algum desconforto democrático e temor de quem tal engenho utilizou para apaziguar os seus fantasmas. Os resultados de ontem são hoje uma evidente demonstração de diversas situações; entre elas, e a de maior prioridade ao momento, passa por ter contribuído para uma maior democraticidade, vitalidade e liberdade deste nosso Benfica. É não só com orgulho que me senti parte deste grande desafio, criando história e que a mesma lavrou em resultados históricos na longa vida do Benfica com a maior votação se sempre, como feliz, pois mais uma vez o Benfica indubitavelmente marcou a minha, de forma absolutamente pura e genuína. Os benefícios tentaram ser alicerçados ao máximo, cultivando assim, a ideia do não-silêncio, e da discussão do Benfica. Ainda, espero eu, a prespectiva de uma competitividade salutar na medida em que outros projectos podem surgir com novas soluções, assim como uma conduta e de vigilância constante dos adeptos do Benfica, na procura de um ideal comum a todos nós, que passa pelo sucesso do Benfica; pois independentemente do que se vote ou pense, a realidade é que o Benfica é nosso, e nós todos somos o Benfica, somos o maior clube do mundo. Obrigado por tudo.