junho 10, 2012

Responsabilização politica

O fustigado tema da responsabilização dos políticos corruptos.
Com este tema mais que actual, deveríamos ter atenção e talvez adotpar uma posição um tanto mitigada. Isto porque as responsabilidades imputadas a políticos, deveriam ser iniciadas, aos políticos que por sua posição social, poder, e oportunidade, directa ou indirectamente, usufruírem de tais ilícitos para beneficio próprio dolosamente. Por outro lado, tal como nos deparamos actualmente em praça pública, procura-se uma chacina ao politico, mesmo que o ‘dito’ ilícito tenha sido resultado de uma ideologia politica diferenciadas das demais vozes que se elevam. A não esquecer, que este, foi eleito de forma legal, democraticamente por obrigatoriedade Constitucional, e sufrágio esse, em que se deveria traduzir na vontade do povo. Estou de acordo com a responsabilização de políticos corruptos, da mesma forma que responsabilizo outro qualquer cidadão corrupto; agora, não devemos esquecer que uma prespectiva desmesuradamente inquisitória da lei nestes casos, sem delimitação de cargos específicos, pode resultar na inércia, na falta de coragem da classe politica para as mudanças que urgem e são necessárias, e quiçá alguma violação á democracia.
Talvez devêssemos mesmo mandar sair da assembleia os ‘Políticos profissionais’ e colocar lá alguns ‘Profissionais na política’.