dezembro 26, 2011

A vida num sopro

Após a fantástica FÓRMULA DE DEUS, Portugal regressa aos anos 30. Salazar acaba de ascender ao poder, e com mãos de ferro vai impondo ordem no país. Portugal muda de vida. As contas públicas são equílibradas, Beatriz Costa anima o Parque Mayer, a PVDE cala a oposição. Luis é estudante idealista que se cruza no liceu de Bragança com os olhos cor de mel de Amélia. O amor entre os dois, vai porém, ser duramente posto á prova por três acontecimentos que os ultrapassam: a oposição da mãe da rapariga, um assassinato inesperado e a guerra civil de Espanha. Através da história de uma paixão que desafia os valores tradicionais do Portugal conservador, este fascinante romance transporta-nos ao fogo dos anos em que se forjou o estado novo. Com A VIDA NUM SOPRO, José Rodrigues dos Santos confirma a sua mestria e o lugar que para mim já ocupa nas letras portuguesas.

dezembro 22, 2011

Liberdade sim


O sono dos sonos

Para que hoje ao adormecer, seja o sono dos sonos. Que haja o reboot e o reset do dia. Sim, porque há dias que a água deixa de lavar, e apenas gera ferrugem.

dezembro 19, 2011

O poder

Assombroso. O Pinto da Costa espirra, e os árbitros constipam-se. Vêm a correr pedir desculpa no facebook. Tenho medo, sim. Tenham muito medo.

dezembro 04, 2011

Oscar...

"Hoje em dia só tenho algum respeito pelas opiniões das pessoas muito mais novas do que eu. Parecem-me estar à minha frente. A vida revelou-lhes a sua última maravilha. Quanto aos velhos, contradigo-os sempre. É uma questão de princípio. Se lhe pedirmos opinião sobre uma coisa que aconteceu ontem, eles dão-nos solenemente as opiniões correntes em 1820, quando as pessoas usavam golas altas, acreditavam em tudo e não sabiam absolutamente nada." Oscar Wilde